10 Curiosidades sobre o milho que você precisa saber

10 Curiosidades sobre o milho que você precisa saber

Que o milho é um cereal versátil e muito consumido no Brasil e no mundo provavelmente você já sabe. No artigo de hoje vamos trazer uma série de curiosidades sobre o milho para você conhecer ainda mais sobre o nosso queridinho, tão falado aqui no blog.

1 – O milho é o único cereal nativo do mundo!

A espiga de milho mais antiga do mundo foi encontrada na América Central há 9 mil anos. Os dados dizem que esse milho estava em regiões do México e da Guatemala.

2 – O milho é fonte de alimentação de várias civilizações

As curiosidades sobre o milho se interligam: vimos que ele é originário da América Central, o que nos leva para o segundo tópico: o milho faz parte da história e era fonte de alimentação de diversas civilizações. Os Maias, Incas e Astecas já adotavam o uso do cereal em sua alimentação há, pelo menos, 5 mil anos antes de Cristo. Além disso, esses povos reverenciavam o cereal na arte e religião. A maior parte das atividades diárias eram ligadas ao cultivo.

3 – Da América para o mundo

Relatos históricos apontam que o navegador Cristóvão Colombo foi quem levou as primeiras sementes de Milho para a Europa, e os portugueses para a Ásia. Por conta dessas sementes espalhadas pelo mundo, hoje existem diversas espécies de milho, com grande variedade de cor e formato dos grãos

4 – Brasil como grande produtor Mundial

O desenvolvimento de espécies híbridas do milho, lá na segunda metade do século passado, foi o responsável pelo aumento da produtividade e qualidade do cereal. No Brasil, o cultivo se expandiu, especialmente nos estados da região Centro-Sul. Atualmente somos o 3° maior produtor de milho do mundo.

5 – Nem todo milho vira pipoca

Quentinha, na manteiga, com sal ou doce, independentemente de como é feita, pipoca é uma delícia! Mas nem todo milho vira pipoca, sabia? Via de regra, duas espécies de milho são as indicadas para essa finalidade: Zea praecox e Z. evertaé, que contêm mais água no interior da semente. Aliás, o milho só vira pipoca por conta dessa umidade do grão que, quando exposto ao calor, a água vira vapor e se expande.

6 – Milho é amarelo? Sim, mas existem muitas outras cores também!

O milho amarelinho que a gente conhece é apenas uma das muitas possíveis cores que o cereal pode ter. O resultado do cruzamento de diversas espécies resulta em espigas de milho de diversas outras cores, como roxo, vermelho, azul e branco. Além dessas cores, podemos ter espigas coloridas, ou seja, com mais de uma cor, e as gem glass (gema de vidro).

7 – Estoura como pipoca: o milho também pode ser usado na produção de fogos de artifício

Alguns dos compostos em fogos de artifício requerem um composto essencial para que a queima aconteça adequadamente. Um aglutinante comum é a dextrina, um carboidrato leve mais comumente fabricado por meio da utilização de grãos de milho.

8 – O milho é fonte indireta de alimentos

Cerca de 15% do milho produzido aqui no Brasil é direcionado para a alimentação humana. Pode parecer pouco, mas a maior parte do milho é direcionado para a nutrição animal, ou seja, mesmo que indiretamente, o milho se torna indispensável para garantir o fornecimento de outros alimentos.

9 – Existe um poema para o milho

Uma das curiosidades mais aleatórias deste post é que o milho já foi homenageado em forma de poesia. A escritora Cora Carolina escreveu, em 1965, um poema para o nosso amado cereal e as pessoas envolvidas no seu cultivo. Você pode ler clicando aqui.

10 – A demanda global está crescendo

Levando em conta o crescimento da renda e da população global, a demanda por alimentos tem crescido substancialmente. O milho se insere nesse contexto como uma das fontes mais importantes na garantia da nutrição, especialmente em países populosos.

Acompanhe aqui no blog outros artigos sobre a cadeia do milho. Siga a Nidera Sementes no Instagram e tenha acesso a outros conteúdos sobre o agronegócio.

Fonte

Markestrat com base em Abimilho e bases secundárias.

Deixe um comentário