Cadeia global do milho em maio: confira as estimativas segundo o USDA

Cadeia global do milho em maio: confira as estimativas segundo o USDA

O mês de maio é determinante para a cultura do milho, pois a safra atual está em pleno desenvolvimento e as projeções sobre a safra que está por vir já começam a surgir. No artigo de hoje, vamos falar sobre essas atualizações sobre a cadeia global do milho em maio.

Estimativas de maio para a produção global de milho 

O relatório do mês de maio do departamento norte-americano de agricultura traz uma ligeira redução nas estimativas de produção global de milho para a safra 2021/22, com números de 1,19 bilhão de toneladas – diferente do relatório de maio, que apontava uma produção superior a 1,2 bilhão.

O relatório também traz as primeiras estimativas sobre a safra 2022/23, que aponta uma produção inferior à deste ciclo e deve atingir patamares de 1,18 bilhão de toneladas.

produção global de milho em maio

Produção de milho nos principais países produtores

Para o ciclo atual, as projeções do USDA seguem apontando crescimento na produção dos principais players.

Para o próximo ciclo, apenas o Brasil deve ter produção superior ao atual. Nesta safra, as projeções chegaram à casa de 116 milhões de toneladas; já para a safra 2022/23, a espera é que a produção brasileira de milho chegue a 126 milhões de toneladas. Vale a ressalva que essa é apenas a primeira projeção sobre a próxima safra, e esses números devem sofrer diversas atualizações.

produção de milho nos principais players em maio

Consumo global de milho deve crescer na safra 2022/23

Se a produção de milho vai ser menor na safra 2022/23, o consumo vai pelo caminho oposto e deve ser maior que a produção. Para o ciclo atual, as projeções foram atualizadas em 1,18 bilhão de toneladas, contra 1,19 bilhão de toneladas para a safra 2022/23.

Entre os principais players, devemos ter redução no consumo nos EUA e na União Europeia, mas crescimento no Brasil e na China.

consumo de milho nos principais países em maio

Estoques globais devem cair na safra 2022/23

O consumo superior à produção deve impactar os estoques de milho em todo o mundo, sendo mais sentido nos EUA e na China. O Brasil é o único dos principais players que deve apresentar um crescimento considerável em seus estoques de milho, indo de 4,7 milhões de toneladas, da safra atual, para 8 milhões de toneladas, na próxima safra.

estoques de milho nos principais players em maio

Relatório de maio da Conab e estimativas sobre a safra brasileira do milho

Falando sobre o ciclo atual, o relatório de maio da Conab aponta um aumento na produção de 32,9%, em comparação com a safra anterior, atingindo um volume de 24,7 milhões de toneladas na primeira safra e 91,5 milhões de toneladas, na segunda. 

produção de milho no Brasil em milhões de toneladas em maio

Isso é reflexo do bom rendimento das lavouras brasileiras somado ao aumento de 5% na área plantada do milho, que passou de 19,3 milhões de hectares na safra 2021/22 e foi para 21,8 milhões de hectares na safra atual.

Essas foram as informações sobre a cadeia global do milho em maio. Acompanhe novas estimativas e informações sobre a cadeia do milho aqui no blog Somos Milhões. Siga a página da Nidera Sementes no Instagram e confira mais conteúdos sobre o agronegócio.

Fonte

Markestrat com base em CONAB. *Atualização em 12/05/2022.

Markestrat com base em USDA. *Atualização em 12/05/2022.

Deixe um comentário