Exportações de milho em junho no Brasil e no mundo

Exportações de milho em junho no Brasil e no mundo

As exportações brasileiras de milho estão oscilando muito em 2022. Em alguns momentos, temos a alta nos embarques; em outros, os números ficam um pouco mais tímidos. No artigo de hoje, vamos falar sobre as projeções e as exportações de milho em junho no Brasil e no mundo.

Exportações globais de milho devem diminuir na safra 2022/23

Como falamos no mês passado, as projeções são de redução nas exportações globais de milho. O relatório do departamento norte-americano de agricultura do mês de junho manteve as estimativas de exportações do relatório anterior, estabelecendo em 183,2 milhões de toneladas os prováveis embarques na safra 2022/23.

Essa redução, de cerca de 7 milhões de toneladas, em comparação com a safra 2021/22, é um reflexo da forte redução nas exportações ucranianas, devido ao fechamento dos portos e ao rompimento da cadeia de suprimentos, causados pela guerra com a Rússia.

exportações globais de milho em junho

Pegando um caminho oposto, as exportações brasileiras devem crescer consideravelmente na próxima safra, em resposta ao aumento da área plantada e a uma maior produção de milho, especialmente na segunda e na terceira safra. O crescimento do embarque brasileiro do cereal deve ser superior a 12 milhões de toneladas e representará um quarto do volume comercializado globalmente.

exportações brasileiras de milho em junho

Importações e exportações de milho pelos principais players na safra 2022/23

A safra 2022/23 deve ser marcada pelo Brasil retomando o seu posto como segundo maior exportador de milho do mundo, após perder a posição para a Argentina. Entre os principais exportadores, um destaque negativo vai para a Ucrânia, que, devido ao cenário atual, deve ter as suas exportações reduzidas em mais de 60%.

exportações de milho em junho pelos maiores players

Quando o assunto é importação de milho, a China deve manter a primeira posição no próximo ciclo, sendo responsável por quase 10% do total importado globalmente, mas seguida de perto pelo México. Enquanto as importações chinesas devem ter uma redução de 5 milhões de toneladas, as importações mexicanas tendem a manter o mesmo patamar da safra atual.

importações de milho em junho pelos maiores players

Essas foram as informações sobre as exportações globais de milho atualizadas em junho. Para ter acesso a mais informações sobre a cadeia do cereal no Brasil e no mundo, leia os outros artigos aqui do blog. Siga a página da Nidera no Instagram e tenha acesso a outros conteúdos feitos pela empresa especialista em sementes.

Fonte

Fonte: Markestrat com base em USDA. *Atualização em 10/06/2022.

Deixe um comentário