Mercado de milho na China: veja o que esperar das projeções até 2030

Mercado de milho na China: veja o que esperar das projeções até 2030

A China é o segundo maior consumidor de milho do mundo, além de também ocupar a vice-liderança em produção do cereal globalmente. Baseado nesses dados, o que esperar do mercado de milho na China para os próximos anos? Confira no artigo de hoje o segundo conteúdo sobre projeções do mercado mundial para o milho, onde focaremos no país oriental.

Produção e consumo de milho na China em 2020

Antes de falarmos sobre o futuro do cereal, é importante entendermos o momento do mercado chinês em 2020 e o reflexo dos últimos dez anos nele.

Produção e consumo de milho na china em 2020

Enquanto a produção chinesa de milho foi de pouco mais de 260 milhões de toneladas, o consumo interno ultrapassou a marca de 290 milhões de toneladas, o que obrigou o país a importar 20 milhões de toneladas e reduzir seus estoques em 11,6 milhões de toneladas.

Assim como os EUA e o Brasil, primeiro e terceiro colocados respectivamente em produção de milho, a China também tem como destino principal para o cereal a produção de alimentação animal: são 180 milhões de toneladas destinadas para essa finalidade, o que representa mais de 67% do consumo interno chinês. Um exemplo de todo esse impacto foi a recuperação dos rebanhos após a peste suína africana e o aumento da demanda de milho.

Crescimento de consumo de milho de 2010 a 2030

De 2010 a 2020, o milho teve um crescimento significativo em terras chinesas. A produtividade cresceu 15% e a área plantada aumentou 17,9%. Esse crescimento é reflexo do aumento do consumo em algumas categorias no período:

  • Alimentação animal – 54,2%
  • Alimentação humana – 21,2%
  • Etanol de milho – 41,2%

Até 2030, a projeção é que o crescimento anual da produção seja de 1,2%, totalizando 13%, chegando aos 43,4 milhões de hectares plantados com o cereal.

histórico e projeção da produção de milho na china

Demanda chinesa deve estagnar entre 2020 e 2030

O crescimento do consumo até 2020 chegou a quase 60% e deve continuar aumentando, mas a passos muito mais lentos. A previsão é que, até 2030, o crescimento seja de apenas 2,8%, modestos 0,3% ao ano. Isso indica uma possível estagnação para a alimentação humana e queda do consumo para a produção de etanol.

histórico e projeção de produção de milho na china

Com a produção avançando em ritmos mais acelerados que a demanda entre 2020/2030, a China deve reduzir seu déficit para algo parecido com 6 milhões de toneladas.

histórico e projeção de consumo versus produção de milho na china

No artigo anterior, falamos um pouco sobre as projeções do mercado norte-americano do milho, e você pode ler clicando aqui. Siga a página da Nidera Sementes no Instagram e acompanhe outros conteúdos sobre o agronegócio.

Fonte

Markestrat com base em OCDE-FAO Agricultural Outlook 2020-2030.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário