Rabobank: projeções para o milho em 2022, segundo relatório do banco

Rabobank: projeções para o milho em 2022, segundo relatório do banco

O primeiro mês de 2022 já ficou para trás, mas as projeções para o ano ainda estão sendo divulgadas. Recentemente, foi disponibilizado o overview do Rabobank sobre a cadeia do milho no mundo para este ano. Confira no artigo de hoje os principais insights do relatório e pontos de atenção que os produtores devem observar.

4 pontos de atenção sobre o milho nos EUA

Líder global na produção de milho, os Estados Unidos devem observar com atenção esta safra 2021/22 alguns pontos, em destaque:

  1. Os EUA deverão alcançar a segunda maior safra dos últimos anos, chegando próximo de 400 milhões de toneladas.
  2. Exportações em queda devido à redução do volume importado pela China.
  3. Retração na demanda. Apesar do aumento da safra, a perspectiva é de redução na demanda para este ciclo, elevando os estoques do país, mas mantendo-os abaixo da média dos últimos anos.
  4. Os preços médios estimados para 2022 estão entre US$5,35 e US$5,50 / bushel

Rabobank prevê desempenho superior em 2022 frente aos ciclos anteriores

Os produtores têm motivos de sobra para ficarem animados com o ciclo de milho em 2022 no Brasil. A produção da safra 2021/22 deve ter um aumento de 33% em relação à produção da safra anterior. O destaque fica com a segunda safra de milho, que deve puxar para cima os números do ciclo e fazer com que o Brasil chegue a 117 milhões de toneladas de milho produzidas.

produção de milho no Brasil segundo a rabobank

A melhora da produção também deve ser refletida nas exportações brasileiras do cereal. A expectativa é que 32% do total produzido por aqui seja destinado à exportação.

Consumo interno e exportações de milho segundo a rabobank

O etanol de milho tem um aumento esperado na produção, estimando um crescimento no consumo brasileiro de até 74 milhões de toneladas.

Insights para a cadeia de milho na China em 2022, segundo a Rabobank

Os chineses, ocupantes da segunda posição mundial na produção de milho, devem ter um déficit nas importações em 2022, chegando em 26 milhões de toneladas. Vale lembrar que o país ainda enfrenta uma variação negativa em seus estoques.

estoques e importações de milho segundo a rabobank

Gostou das projeções do Rabobank para a cadeia do milho em 2022 no Brasil e no mundo? Acompanhe aqui no blog outros conteúdos sobre o cereal e siga a página da Nidera Sementes no Instagram para saber mais sobre outros assuntos do agronegócio.

Fonte

Rabobank: Perspectivas para o agronegócio – 2022.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário