Safra de milho 2020-21: veja os principais fatos que marcaram o período

Safra de milho 2020-21: veja os principais fatos que marcaram o período

A safra de milho 2020-21 foi marcada por grandes momentos, alguns bons e outros nem tão bons assim. Com o fim da safra cada vez mais próximo e as colheitas acontecendo em ritmo acelerado Brasil afora, já é possível fazer um balanço e analisar o que deu certo e o que não rendeu os resultados esperados. No artigo de hoje, vamos falar sobre os principais fatos que marcaram a safra de milho 2020-21.

Atraso da safra de soja impactou na safra de milho em 2020-21

O milho é uma cultura de sucessão, ou seja, seu plantio depende diretamente da colheita da soja, portanto o atraso na safra de soja influencia diretamente na do milho. Se na teoria é isso que acontece, na prática também. Devido à falta de chuvas no pré-plantio de soja e o excesso de umidade para a colheita, o cultivo de milho na safrinha foi diretamente impactado, fazendo com que o cereal fosse plantado tarde e fora da janela ideal.

Secas, geadas e cigarrinha do milho: tudo o que o produtor não queria

Devido ao atraso para finalizar a safra de soja e o início tardio da plantação de milho, muitos produtores enfrentaram períodos de seca, sem o volume necessário para boas produtividades. Além disso, geadas mais severas dos últimos 30 anos castigaram as plantações e, consequentemente, devastaram ainda mais a produção.

E se não bastasse as condições climáticas adversas, os produtores também tiveram que lidar com a cigarrinha do milho, praga responsável pela disseminação do complexo de enfezamento. Entre as pragas e doenças, foi a que causou maiores prejuízos e perdas substanciais, em alguns casos, superiores a 50% da produção.

Baixa produtividade da safra de milho 2020-21 elevou as importações

Devido a todas as adversidades enfrentadas, a safra de milho 2020/21 vem caminhando para uma produtividade muito aquém do esperado pelas projeções. A estimativa da Conab é que ela tenha 4,36 toneladas por hectare, volume inferior ao da safra 2015/16, uma das safras recentes com pior resultado.

A baixa produtividade fez com que muitos produtores e indústrias consumidoras do milho importassem o cereal de outros países. Fato atípico para a realidade do terceiro maior produtor global de milho.

Etanol de milho teve ótimos resultados e foi o destaque da safra 2020-21

Se por um lado a safra não foi exatamente o que se esperava e a produtividade ficou abaixo da expectativa, por outro lado, a cadeia do etanol de milho teve ótimos resultados e segue em crescimento, mesmo com a oscilação do mercado de milho. Segundo a UNEM, foram produzidos 2,65 bilhões de litros no ciclo atual, e o próximo deve entregar cerca de 3,4 bilhões de litros, ou seja, um crescimento de mais de 28%.

Acompanhe aqui no blog outros conteúdos sobre a cadeia do milho e siga a página da Nidera Sementes no Instagram para ficar por dentro das nossas novidades.

Fonte

Markestrat com base em dados secundários.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário